sábado, 23 de maio de 2009

Bebês Ecológicos e Partos Naturais



Os Eco Bebês são os Cristais da Nova Era, fruto de uma gestação bem nutrida e consciente, eles surgem em uma época de transições planetárias: ambientais e econômicas.

Para encarar uma fase como esta, a família e o bebê merecem cuidadosa atenção para sustententar o sadio desenvolvimento físico, mental e espiritual.

Considerando a alquimia da dedicação meditativa na gestação, o Parto Natural, a preferência por produtos e fraldas ecológicas, a alimentação vegetariana e a introdução de alimentos orgânicos e vivos, caminhamos rumo à sustentabilidade com fé e esperança no novo tempo.

Parto Natural

O momento de dar à Luz, é um dos momentos mais marcantes e transformadores na vida da mulher e o nascimento registra para o bebê sua primeira impressão ao chegar à Terra.

O parto é um aspecto da sexualidade feminina. Fatores como um lugar familiar e aconchegante, na presença do companheiro ou somente de pessoas conhecidas e desejadas, meia luz.... favorecem um lindo parto.

É um direito da mulher vivenciá-lo com respeito, descobrindo seu poder pessoal.

A presença do pai no momento do parto, aprofunda e amadurece aspectos de companheirismo, paternidade e o reconhecimento e respeito ao Sagrado Feminino.

O Parto Natural, sem dúvida traz para a mulher a experiência do Sagrado Feminino e do valor de receber seu filho no momento em que a Existência desejou, livre da ansiedade do sistema hospitalar, induções, drogas médicas e anestesias.

Muitas mulheres desejam um parto natural, querem que este momento seja um momento lindo, o que pode e é digno de acontecer.

Importante é observar que atualmente nas grandes cidades 95% dos Partos são Cesarianas, resultado de um sistema que perdeu a arte de nascer e se condicionou pelo medo. Nas mãos de um sistema médico, a mulher, o bebê e a família se submetem à decisões intencionais de apelo à cesariana, o que revela estas estatísticas.

Neste caso vale, determinação e confiança, o bebê naturalmente sempre irá nascer, independente de peso, cordão ou tempo; os motivos para se fazer cesáriana são poucos, basicamente são: placenta prévia, o bebê estar de lado no momento do parto ou deficiência física onde o bebê tem a cabeça bem grande.

As mulheres que desejam um Parto Natural, tem a preciosa opção de conhecer e se informar com Parteiras Tradicionais e ter apoio ao parto ativo, por coletivos como Earth Birth- Coletivo Mundial pela Saúde da Mulher, espaço GAMA (em São Paulo) e outros.

Cuidando de sua alimentação, incluindo verduras, frutas, ferro, proteínas e super alimentos como Clorela, Kefir, Spirulina e Levedo de Cerveja; a mulher pode fazer de sua alimentação sua medicina e substituir por alimentos sintéticos, que são pouco assimilados pelo organismo.
Ingerindo ao mínimo 4 litros de água por dia, a pele ganha elásticidade e a placenta e o bebê crescem fortes. Os líquidos podem ser complementados com chá de folhas de Framboesa, Urtiga ou Alfafa, que fortalecem o útero.
Exercícios e alongamentos são necessários, praticar Yoga é perfeito.

No trabalho de parto massagens e chá de Valeriana, pós parto chá de Angélica. Se sua parteira é homeopata, trará boas opções como Pulsatilla 12 c ou Chamomila.

O Parto de Lótus, é uma maneira que favorece infinitamente a saúde e respeita o momento de separar o bebê de sua casa de nove meses, a Placenta.

Quando o bebê nasce 1/3 de seu sangue ainda está na placenta, é uma extensão de seu próprio corpo e seu mantenimento até no mínimo 4 horas, permite que os pulmões do bebê, se adaptem mais cautelosamente ao exercício respiratório e seu corpo receba boa parte do sangue e nutrientes ainda contidos na placenta, é consideravel pedir permissão ao bebê para se cortar o cordão umbilical e observar sua resposta.

Um Sagrado e especial encaminhamento da Placenta seria o feitio de sua própria medicina, a Medicina da Placenta , extraindo seu princípio ativo rico em ferro, hormônios, nutrientes e efeitos sutis de conforto, proteção e união com a mãe.

No pós parto a mulher pode fazer uso de ervas como Tanchagem, Barba Timão, Calendula e Sal Marinho em Banhos de Assento, respeitando a digna quarentena, para quem acabou de dar à luz a um ser humano, os pais podem aprofundar as adaptações maternais e paternais, a amamentação em retiro com o mínimo de visitas. Há tradições indianas em que o bebê é apresentado para todos com 40 dias em uma linda festa.

Excelente ferramenta, Slings!
Carregadores de Bebê tipo Slings

Estreita os laços entre bebês e cuidadores, simplifica as atividades so dia a dia, permite que o bebê participe das atividades do dia a dia, é um forte aliado para acalmar cólicas e ajudar a dormir, proporciona a continuidade do desenvolvimento do bebê ouvindo as batidas do coração e a respiração, favorecendo sadio desenvolvimento físico- motor e emocional.


Produtos Ecológicos
As fraldas e os absorventes femininos descartáveis constituem um dos maiores problemas do lixo no Planeta, compostos de plásticos e químicas que alteram o Ph do solo e do corpo humano.

Bioabsorventes Ecológicos , Copinhos de Silicone e Fraldas de Pano constituem em uma opção que comtempla e substitui a opção dos descartáveis.

Para lavar as fraldas e bioabsorventes, você pode utilizar vinagre de maça, ervas como Eucalipto, Tomilho e Alecrim em chá fervente.


Configuração Familiar e Simplicidade Voluntária.

Ainda são raros o casos em que o pai e a mãe podem juntos desfrutar o desenvolvimento do bebê, acompanhando de perto e desenvolvendo mais profundamente a virtude e o papel de ser o pai e a mãe, que o bebê verdadeiramente escolheu.
Ter um filho, é também ter um projeto de União Pai-Mãe e isto envolve uma configuração que de suporte. Se ambos podem trabalhar juntos em casa e revesar os cuidados com o bebê, a relação torna-se mais equilibrada a nível do relacionamento que o bebê pode ter com o pai e com a mãe, esta fase é decisiva na intimidade da relação que irá se estabelecer por toda a vida, é o momento em que o ser humano mais necessita e estabelece o contato físico, é um ótimo momento para querer estar junto.

A opção de trabalhar em casa arriscaria ganhar inicialmente menos do que se ganharia financeiramente trabalhando fora, levando em consideração que o que a criança mais precisa é o Amor e a Presença, é uma opção de Simplicidade Voluntária e redução do consumo.

Para isto ser possível, nos espelhamos no resgate da cultura ancestral e na configuração das atuais comunidades, onde as pessoas vivem juntas, dão apoio no cuidado com a crianças e ampliam para as mesmas a referência do que é ser adulto, o compartilhamento de cuidados com a crinaça em uma comunidade, possibilita também o mantenimento dos momentos da relação direta de companheiro e companheira.

Fonte: http://www.moradadafloresta.org

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Dúvidas, sugestões...

Nome
Seu Email
Assunto
Mensagem
Digite :

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO